Garoto tocantinense Werick deixa o Barcelona e está livre no mercado

Werick durante jogo do Barcelona com toque e passos largos - Divulgação
Werick no ano passado passou pela Seleção Brasileira Sub-18 – Divulgação
Werick durante lance da vitória do Giorna sobre o Barcelona por 1 x 0 – Arquivo Pessoal
Werick durante o primeiro jogo contra o Barcelona vestindo a camisa do Girona FC sua primeira partida contra o ex-clube – Arquivo Pessoal
Prefeito Laurez Moreira, craque Werick e o presidente do Gurupi, Wilson Castilho – Foto: Rogério Rodrigues/Ascom Gurupi/Divulgação
Werick do Girona – Divulgação

O namoro entre Barcelona e o tocantinense Werick durou três anos. É que esta semana o clube catalão resolveu dar passe livre para o jogador nascido em Gurupi. E com isso, Werick está livre para tocar a carreira em qualquer clube que desejar. Em entrevista ao site www.aloesporte.com.br Alôesporte, Werick comentou sua sobre sua passagem pelo Barcelona afirmando “o maior clube do mundo” e como será seu futuro a partir de agora sem o Barça. Além do Barcelona, o garoto em setembro do ano passado foi emprestado pelo Barcelona ao Girona FC até maio deste ano, onde disputou o Campeonato Espanhol Juvenil A. Em junho de 2016, o  tocantinense radicado na Espanha, foi convocado para integrar a Seleção brasileira Sub-18,que fez um período de treinos na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).  Confira a entrevista.

Werick é verdade que o Barcelona deu passe livre para você tocar sua carreira?

Sim. É verdade. Eles não me queriam mais lá e vou seguir minha vida.

Você já tem planos para ir para algum clube  aí mesmo da Espanha ou pensa em voltar para o Brasil?

Brasil não. Estou vendo aqui algumas possibilidades de seguir na Europa e, provavelmente, em alguma equipe de ponta da Europa em time profissional. Aguardem.

Quanto tempo você permaneceu no Barcelona?

Foram três anos de muito aprendizado.

Qual a sua idade hoje?

Estou com 18 anos.

 E o que levou você e o Barcelona a encerrar este namoro?

O Barcelona simplesmente não queria que eu ficasse. Por isso vou tocar meu barco. Foram 3 anos no Barcelona de muito aprendizado. No clube aprendi um monte de coisas para melhorar minha carreira futebolística. Tive a sorte de poder contar com uma grande geracão de companheiros e treinadores. Fico feliz de poder ter passado por um dos melhores e maiores clubes do mundo, que é o Barcelona. Tenho muito carinho por toda a gente e por este clube.

Neste período aí no Barcelona quais os jogadores que você conheceu?

Tive a grande sorte de conhecer gente incrível e profissional como Daniel Alves, Neymar, Rafinha, Adriano, Douglas, entre vários brasileiros.

Você teve um treinador na base do Barcelona que ensinou muito você. Que é ele?

Aprendi muito com um treinador chamado Quique Álvarez. Ele me deu muitos conselhos que com certeza vão me servir bastante para a sequência da minha carreira fora do Barcelona. Acabei minha etapa no Barcelona, saio daqui com de cabeça erguida e de ter feito as coisas da melhor maneira possível. Agora, estamos livres e com vontade de poder enfrentar as grandes metas e grandes desafios que terei pela frente. Mas tenham certeza estou preparado.

Como foi sua passagem pelo Girona FC?

Minha passagem de empréstimo pelo Girona Futebol Clube foi um passo importante que fiz na minha carreira. Foi um ano difícil, apesar dos objetivos não terem sido o esperado a nível coletivo. No pessoal, acho que foi um ano para recordar. Não porque foi bonito, senão porque foi difícil e tive muitos desafios. Foi difícil me adaptar com um time que joga a um futebol totalmente diferente do Barcelona, onde as qualidades são ter a bola, tocar, chegadas, chutes potentes, dribles… mas tinha que me adaptar a qualquer circunstância. Apesar disso, sempre tento tirar as coisas mais positivas. Desejo ao Girona muita sorte nesta nova temporada que subiu para a Primeira Divisão.

Como você viu a saída do Neymar do Barcelona para o PSG?

A saída do Neymar, acho que ele está certo. Um cara jovem como ele tem que ter metas na carreira, e objetivos, e ele tem. Ele vai conseguir ser o melhor do mundo, não tenho dúvida. Deus vai abençoar ele El e muito.

Qual a mensagem que você deixa ao povo do Tocantins que torce muito por seu sucesso?

Para o povo do Tocantins que torce ai por mim, mando um abraço a todos. Muito obrigado a minha família que sempre me apoiou. Forte abraço para todos eles e vocês do Estado.

Quem é Werick

Werick é natural de Gurupi, mas vive na Espanha desde 7 anos junto dos dois irmãos, da mãe, Rejane, e o padrasto, Miquel. Hoje todos moram na cidade de Sant Quirze de Besora, distante 70 km de Barcelona. O tocantinense de Gurupi Werick Maciel Caetano de Oliveira, conhecido na Espanha apenas como Werick. Ele foi profissionalizado no juvenil B do Barcelona em agosto de 2014.

Perfil

Nome: Werick Maciel Caetano de Oliveira

Nome futebolístico: Werick

Data de nascimento: 25/04/1999

Local de nascimento: Gurupi (Brasil)

Idade: 18

Posição: Médio Ofensivo

Chuteiras número: 45

Altura: 1,84

Ídolo no futebol: Neymar

Clubes

Barcelona

Girona FC

Atual: Livre para o mercado

 

www.aloesporte.com.br 

CONFIRA A ENTREVISTA PELA RÁDIO CBN TOCANTINS

http://www.cbntocantins.com.br/programas/cbn-esportes/cbn-esportes-1.318022/jogador-tocantinense-fala-direto-da-espanha-os-motivos-de-sua-sa%C3%ADda-do-barcelona-1.1323327