Judô Guerra/Sesi pega a estrada em busca de conquistas nacionais

judo-guerraaaaa-enillara-e-luana-candido
Judocas Ennilara Lisboa e Luana Cândido vão disputar provas fora do Estado - Divulgação
Enquanto uma turma encara a estrada para Cuiabá/MT, a outra encara o asfalto até Salvador/BA - Divulgação
Enquanto uma turma encara a estrada para Cuiabá/MT, a outra encara o asfalto até Salvador/BA – Divulgação

Enquanto uma turma encara a estrada para Cuiabá/MT, a outra encara o asfalto até Salvador/BA. Ambas as viagens de cerca de 1.500km.

Vida de atleta é assim, tem que estar sempre disposto a encarar os maiores desafios. E enquanto muitos estarão descansando com suas famílias no feriado de finados, os tocantinenses estarão na estrada, se dividindo para dois enormes desafios: Os Jogos Universitários Brasileiros, em Cuiabá/MT e as finais do Brasileiro Master, em Salvador/BA, ambos no próximo fim de semana.

 

Brasileiro Master
De Palmas a Salvador são cerca de 1.500km de estrada e este será o caminho a ser tomado dos atletas da AD Guerra/Sesi. “Claro que não é o ideal, mas vida de atleta amador é assim mesmo, já somos acostumados”, conta Fred Guerra (AD Guerra/Sesi). “O importante é chegar bem, conseguir descansar e atingir o objetivo. Os quatro tocantinenses que vão para o Brasileiro Master tem condições concretas de tentar a medalha de ouro e esta será a meta de todos!”, contou o atual o vice-campeão das últimas duas edições nacionais.

 

E é verdade. Os três atletas da AD Guerra/Sesi foram ao pódio no brasileiro do ano passado e vem figurando entre os três principais judocas de suas categorias no Ranking Nacional. Enquanto Clayton de Souza é o terceiro do Ranking, Cássius Garíglio chegou a liderar no início do ano. E a delegação será completada por Georgton Pacheco (Sesc), que já conquistou este título oito vezes em sua carreira, sendo três delas defendendo o judô máster do Tocantins.

 

Já são 22 as delegações estaduais inscritas este ano. Lembrando que o Tocantins foi ao pódio em 2015 como a quinta força do judô máster nacional. A ideia agora é tentar consolidar esta posição.

 

Jogos Universitários
Diferentemente da história de sucesso do Tocantins no judô máster, o judô universitário do Estado ainda não conseguiu se estabelecer como potência. A única conquista foi a prata de Ennilara Lisboa (Sesc, representando o IFTO) em 2015. Este ano a atleta viaja novamente, desta vez acompanhada de Katiely Cristina (PJC, representando a UFT) e de dois atletas da AD Guerra/Sesi, Luana Candido (Guerra/Sesi, representando o IFTO) e Fernando Rufino (Guerra/Sesi, representando o ITOP).

 

Para Luana Candido, os Jub´s terão uma função a mais. “Ano passado eu estava mudando de categoria e não fui bem. Este ano quero me sair melhor e, quem sabe, brigar por medalha. Além disso, no fim do mês vou lutar a seletiva para a seleção brasileira de base pela última vez e quero muito uma vaga. Os Jub´s vão ser muito importantes nesta preparação”, contou a acadêmica de Educação Física.

 

Lutando os Jub´s pela primeira vez, Fernando Rufino, que herdou a vaga de se professor (Fred Guerra se classificou no meio-leve, mas pelo choque de datas optou pelo Brasileiro Master) fez questão de lembrar dos apoiadores. “Precisamos mesmo agradecer a quem nos ajuda, principalmente no esporte amador. Por isso, fica o meu ‘obrigado’ ao SESI, Wizard Palmas, Personal Trainer Fitness e Hotel Turim”, agradeceu o acadêmico do ITOP.

 

Confira os tocantinenses que entram em ação neste fim de semana:

BRASILEIRO MASTER FINAL (Salvador/BA)
– Fred Guerra – AD Guerra/Sesi (M3-66kg)
– Clayton de Souza – AD Guerra/Sesi (M6-73kg)
– Cássius Garíglio – AD Guerra/Sesi (M4-81kg)
– Georgton Pacheco – Sesc (M4-81kg)

JOGOS UNIVERSITÁRIOS BRASILEIROS (Cuiabá/MT)
– Fernando Rufino – AD Guerra/Sesi, representando o ITOP (-66kg)
– Luana Candido – AD Guerra/Sesi, representando o IFTO (-52kg)
– Katiely Cristina – Palmas Judô, representando a UFT (-57kg)
– Ennilara Lisboa – Sesc, representando o IFTO (-70kg)

(Ascom ADG)