Lutadora quis perder peso por estar com depressão e hoje vive do MMA

Karol é faixa preta de Kickboxing. É azul de Jju-Jítsu - Divulgação

Deprimida por estar acima do peso, em 2013, a lutadora Karol Silva entrou no MMA apenas com este objetivo, mas de repente, apaixonou-se pela modalidade e agora virou profissão. É assim que podemos resumir a entrada da lutadora karol Silva no MMA. Ela conta que ainda está iniciando no MMA, mas já conseguiu resultados importantes neste curto espaço de conhecimento da modalidade.

 

Antes Karol praticava jiu-jítsu. Segundo ela, queria conhecer a luta em pé, aí iniciou também no Kickboxing e no MMA ao mesmo tempo. ” Com isso, consegui emagrecer 18 quilos em 3 meses na época. Acabei superando a doença. Hoje posso afirmar sem medo que foi o esporte que me ajudou e hoje virou minha profissão”, ressaltou a lutadora

 

Karol é faixa preta de Kickboxing. É azul de Jiu-Jítsu. “Sou nova no MMA, mais sou uma atleta completa, tenho lutas de boxe, muay thay, kickboxing”, submission (jiu-jítsu sem pano) jiu-jíitsu (Campeã estadual 2 anos seguidos na minha categoria até 64 quilos”, destacou.

 

Vitória
No último final de semana disputou uma competição na cidade de Gurupi. Karol lutou contra a atleta Priscilla Silva, de Xinguara do Pará, na categoria peso combinado de 60 quilos valendo disputa de cinturão do evento. “Graças a Deus saiu tudo como planejado, ganhei a luta no primeiro round por nocaute técnico.

Com a vitória em Gurupi, Karol tem agora no currículo quatro lutas, com 3 vitórias, todas por nocaute técnico e uma derrota.  “Vivo da arte marcial, tenho prazer nela pois foi onde me encontrei como pessoa e onde posso ajudar pessoas, principalmente mulheres que querem perder peso e recuperar a alto estima”, finalizou karol, que recebeu esta semana um patrocínio da empresa Maia Morena Fitness.