Visando representar o Tocantins na disputa do Circuito Nacional Flag Football, em Brasília, nos dias 9 e 10 do mês de junho, a equipe do Palmas Titans segue se preparando para a competição nacional.

Apesar de não ter apoio, para um local adequado para treinamentos, e apoio de logística para as viagens, as meninas são guerreiras e não deixam a peteca cair. “Infelizmente nosso time encontra barreiras que prejudicam nosso aperfeiçoamento. Nós ainda não conseguimos um lugar próprio para a prática do esporte, treinamos em um espaço na Praça dos Girassóis desnivelado e com buracos, o que pode causar lesões sérias”, ressalta a jogadora do time Emmylle.

Primeira equipe
O Palmas Titans é a primeira equipe feminina de flag football do Tocantins. O time iniciou sua caminhada em maio de 2016 e hoje conta com 13 atletas. Ainda no ano de 2016 disputaram o primeiro campeonato regional em Campo Grande (MS).
Segundo Emmylle, não conseguiram a classificação, mas a experiência serviu para unir ainda mais o time. Já no ano de 2017, com a ajuda do técnico Pedro Souza, a equipe se dedicou ao máximo em aperfeiçoar a técnica e conseguir mais jogadoras.

Incentivo
Além disso, sem um incentivo, a equipe tem que arcar com todos os custos desse esporte, o que acaba saindo caro, pois apesar de poucos equipamentos, às vezes não são encontrados no Brasil forçando a compra fora do País . “Na tentativa de diminuir nossos gastos e viabilizar nossa inscrição na regional, fizemos uma ‘’vaquinha online’’ e divulgamos nas redes sociais, conseguimos parte do dinheiro para pagar a inscrição do time, mas ainda falta o mais dispendioso, que é o transporte”, destaca a atleta dizendo que mesmo sem apoio nenhum a equipe não deixará o sonho de lado e vai continuar buscando consolidar o Esporte no Tocantins.

www.aloesporte.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA