O Palmas viajou nesta manhã de sábado confiante que é possível reverter a situação
O Palmas viajou nesta manhã de sábado confiante que é possível reverter a situação
O Palmas viajou nesta manhã de sábado confiante que é possível reverter a situação

Mesmo precisando vencer o Princesa do Solimões (AM) por três gols de diferença amanhã no Estádio Gilberto Mestrinho, em Manacapuru (AM), o Palmas viaja nesta manhã de sábado confiante que é possível reverter a situação. No jogo de ida disputa sábado passado no Estádio Nilton Santos, na Capital, o time amazonense venceu o Tricolor por 3 x 1 e abriu uma grande vantagem para passar para as oitavas de final do Brasileiro da Série D.

Em entrevista ontem no programa CBN Tocantins Esportes, o técnico do Palmas, Max Sandro Barbosa, disse que a missão não é impossível, pois acredita que mesmo tendo que vencer por esta diferença, a equipe está preparada para surpreender. Já o atacante Thiago Seiji, artilheiro do time na Série D, com quatro gols, e o meia Renan, que deve fazer sua estreia, os dois atletas estavam muito esperançosos em relação a uma virada.

O Palmas terá o retorno de três jogadores: o lateral-esquerdo Ítalo e os meio-campistas kallyl e Paulista, que estavam suspensos. O volante Ederson e o meia Renan foram regularizados na CBF e também podem pintar na equipe que deve começar com: Bruno; Edilson, Moacri, Alemão e Ítalo, Paulista (Ederson), Kallyl, Denis e Renan; Thiago Seiji e Lucas Silva.

O jogo decisivo entre Princesa do Solimões (AM) x Palmas, às 16h30, no próximo domingo, no Estádio Olímpico Municipal Gilberto Mestrinho, em Manacapuru (AM), pelo jogo de volta da segunda fase do Brasileiro da Série D, terá arbitragem paulista. O sorteado foi Antônio Rogério Batista do Prado (SP/CBF-1). Ele será auxiliado pelos cearenses Nailton Júnior de Sousa Oliveira (ASP-Fifa) e Arnaldo Rodrigues de Souza (CBF-1). O Quarto Árbitro será Ivan Guimarães Júnior (AM/CBF-3).

Antônio Rogério Batista do Prado apita nesta quinta-feira, pelo Brasileirão, em Campinas, Ponte Preta x Botafogo (RJ). Este ano ele já comandou 12 jogos entre as Séries A, B,C e D, Sub-17 e Feminino. E foi quarto árbitro em outras 14 partidas. É um apitador bastante experiente com 45 anos. Ingressou no quadro da CBF em 1995. Ele é natural de Campinas (SP).

Por ter pedido o jogo de ida no Estádio Nilton Santos, para o Princesa do Solimões por 3 x 1, o Palmas precisa vencer a equipe amazonense por três gols diferença, ou 4 x 2, 5 x 3, 6 x 4 e aí por diante.

DEIXE UMA RESPOSTA