Momento da largada da prova na categoria Master (Foto: Lailton Costa/ Divulgação )

Competidores no lugar mais alto do pódio na prova foi realizada domingo (Foto: Lailton Costa/ Divulgação )
Momento da largada da prova na categoria Master (Foto: Lailton Costa/ Divulgação )

A prova abriu o calendário tocantinense de competições de estrada de 2018, com premiação de R$ 5 mil divididos nas categorias Elite, Open e Master, e incluiu também duas categorias de Mountain Bike (masculino e feminino, mas sem premiação). Prova foi realizada entre Araguaína e Aragominas, no norte do Tocantins.

De quebra, o Cowboy ainda trouxe para a capital o troféu de Rei da Montanha da prova, por ter sido o primeiro a escalar o “Paredão”, uma íngreme subida, escolhida pela organização com meta de montanha da prova, que reuniu cerca de 70 atletas em Araguaína.

Júnior César recebe troféu de Rei da Montanha do organizador da prova, Paulino Carvalho

Júnio controlou o pelotão em banho maria nos 37 quilômetros inicias da prova, até a última subida antes de chegar em Aragominas, quando três súbitos ataques do Cowboy espatifou o pelotão. Ele voltou escapado (quando o atleta sozinho deixa os demais para trás) para cruzar a linha após 2h11min para percorrer os 77 km da prova. Completaram o pódio Adarciley Silva e Pezão.

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Junio Cesar e Evandro Amaral, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Na Elite, o vencedor foi o paraense Lourismar Sousa (Neném), que abriu uma fuga também no trecho de ida, sendo acompanhado pelos tocantinenses Willian Júnior, de Gurupi, e do palmense Maicon Douglas, definindo assim as três primeiras posições da principal categoria.

Vander Praxedes levou o segundo pelotão ditando o ritmo praticamente sozinho e só foi superado no sprint final por Neguinho de Imperatriz, fechando assim o TOP 5 da competição.

Vander (1º à esq) e Maicon (4º da esq p/ dir) foram os palmenses no pódio da elite do Aramorro

Na Elite, também largaram os atletas da FDB Marco Aurélio, Evandro Amaral, Pio, Leandro Salim e Genésio Júnior, que fechou a prova no grupo dos top 10.

Mais Aramorro
A 30 dias, é hora de afinar os pedais para o 2º Aramorro, que abre calendário de estrada. (Fonte: Lailton Costa) 

 

www.aloesporte.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA