Neto Vidal (E) Elias Oliveira e Marcos Vidal durante visita de piloto e pai ao fotógrafo - Foto: Rodrigo Noleto/Divulgação

Editor de fotografia do Jornal do Tocantins, Elias Oliveira recebeu alta do hospital – Foto: Reinaldo de Jesus Cisterna

O editor de fotografia do Jornal do Tocantins, Elias Oliveira, que ficou ferido após ser atingido por um kart durante a 1ª etapa do estadual da modalidade no último domingo, no Kartódomo Rubens Barrichello, recebeu alta ontem no início da tarde e passa bem. Oliveira passou no domingo por uma cirurgia para corrigir fraturas no pé e tornozelo esquerdo. Ele teve várias escoriações pelo corpo. “Quero apagar da memória este acontecimento”, disse Oliveira, já em sua casa ao lado dos familiares, onde recebeu ontem a visita do piloto Neto Vidal que pilotava o kart que atropelou Oliveira.

 

Acompanhado do pai e organizador do evento, Marcos Roberto Vidal, o piloto fez questão de fazer esta visita. Segundo ele, quando viu o fotógrafo caído no chão bateu o desespero, pois foi muito rápido a ação. “Quando vi que o Elias estava se movimentando e tentando se levantar do chão veio o alívio. Mas a partir daí comecei a chorar”, explicou o jovem piloto de 23 anos, que disse ter ficado mais calmo alguns minutos depois.

 

Durante a visita, o piloto, que é evangélico pediu para Oliveira para fazer uma oração agradecendo a Deus por ter evitado o pior no acidente. Na oração ele juntou toda a família do fotógrafo, os filhos Júnior e Camila e a esposa Josi e seu pai Marcos Vidal numa corrente de agradecimento.

 

De acordo com Vidal, o acidente aconteceu quando estava ocorrendo a prova da categoria 125 cilindradas com a participação de oito pilotos competindo na categoria. Neto Vidal conta que vinha tentando ultrapassar um carro na reta e para não bater no kart acabou freando bruscamente e perdendo a direção de seu carro, o que acabou culminando na sua saída da pista e atingindo Elias Oliveira. “Graças a Deus o Elias está bem e daqui a pouco vai estar com a gente fotografando nossas competições”, finalizou o jovem.

 

 

Suspensa

Com o advento do acidente, a prova foi suspensa, uma vez que a ambulância teve que se deslocar com Oliveira ao Hospital Unimed Palmas, no centro da Capital. De acordo com o presidente do Kart Clube de Automobilismo de Palmas (KCAP), Marcos Roberto Vidal, a prova só teve continuidade, após às 15 horas. Segundo ele, o evento contou também com a supervisão da Federação de Automobilismo do Tocantins. Visando evitar problemas na próxima etapa programada para os dias 15 e 16 de abril, novamente no Kartódromo Rubens Barrichello, a entidade adotará para identificação das pessoas que forem trabalhar no evento, jalecos para os cinegrafistas, fotógrafos, fiscais de linha e diretores. “Como fizemos no domingo vamos novamente alertar o pessoal da imprensa o local adequado para o trabalho de quem for estar na prova”, finalizou o dirigente.

 

Categoria F-125

 1) Vitor Faleiro (Palmas)

 2) Claudio Messias (Gurupi)

3) Sandrei (Palmas) 

Categoria F-400 Graduados

 1) Anderson Rampasio (Palmas)

 2) Fábio Monteiro (Palmas)

 3) Neto Vidal (Palmas) 

Categoria F-400 Novatos

 1) Maurício Ughini (Palmas)

 2) Delcio Elizeu (Palmas)

 3) Renato Faleiro (Palmas)

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

DEIXE UMA RESPOSTA