Por onde andam as musas do vôlei de praia do TO no início dos anos 2000

volei7
Keila e Luana a dupla mais vitoriosa das areias tocantinense - Divulgação

Por onde anda a dupla Luana e keila, consideradas as musas do vôlei de praia do Tocantins nos inícios dos anos de 2001 e com inúmeras conquistas como Circuito Tocantinense de Vôlei de Praia,  heptacampeãs estaduais, além de ser a primeira dupla do Estado a disputar um Circuito Banco do Brasil da modalidade, entre outras conquistas.

A dupla se encerrou, mas a parceria e amizade fora das quadras, ainda permanece campeã. Segundo Keila, hoje o Tocantins tem outros talentos que se destacam, com mais incentivo e com certeza o vôlei de praia tocantinense continuará sendo bem representado por vários anos.

O que fazem

Keila Barbosa Milhomem, hoje é funcionária pública e privada, além de formação em Pedagogia e Pós-Graduada em Administração e Planejamento. Já Luana é formada em Letras pela Ulbra. É casada com o jogador Moacri e tem dois filhos.

A dupla Luana e Keila fez muito sucesso nas areias do Tocantins nos inícios dos anos 2000. Keila conta que iniciou no esporte aos 12 anos, primeiramente no vôlei de quadra, na cidade de Aparecida do Rio Negro, enquanto cursava a disciplina de Educação Física no colegial por intermédio do professor Paulinho. “Posteriormente, de forma mais aprimorada, recebi todo o treinamento com o professor Zico”, ressalta a atleta.

Mas Keila diz que quando  conheceu o vôlei de praia e acabou apaixonando-se pela modalidade e aí não largou e obteve muitas conquistas, sem saber o quanto.

Em relação à parceria com a jogadora Luana, ela disse que foi a mais duradoura e vitoriosa no Tocantins. “Nossa dupla tinha um entrosamento tão bom na quadra que uma sabia exatamente o que a outra iria fazer e qual bola preferida”, ressalta ela dizendo ainda que a jogadora Luana era a atleta mais de força, atacante excepcional e a bloqueadora da dupla. “Eu era a jogadora mais técnica e a responsável pela defesa no fundo de quadra. Assim uma complementava a outra e nos tornamos a dupla mais vitoriosa do circuito estadual de vôlei de praia tocantinense até então” conta com orgulho Keila.

Relevância

Keila disse que não sabe o quanto ela e Luana ganharam nas areias, mas faz questão de destacar alguns de maior relevância como o Circuito Tocantinense de Vôlei de Praia. Ela conta também que as duas foram as representantes Tocantinense no Challenger Banco do Brasil, organizado pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), por dois anos seguidos. “A representatividade direta era concedida a dupla campeã do Circuito Estadual. As demais duplas do Estado deveriam jogar o qualifying”, explicou. Fora das quadras como profissional, Keila disse que continua praticando o vôlei de praia, porém, como  diversão, e não participa  mais das competições.

Luana

A história de Luana começa aos 8 anos praticamente por meio de um desafio da professora dela Mayla de Educação Física. Segundo Luana, na época em que estudava no Caic. “Tinha 8 anos e pedi para ela deixar eu entrar no time da escola, mas a professora dizia que eu não podia, porque era muito magrinha e não tinha porte de atleta”, lembra Luana, acrescentando que chorou muito, mas tomou a iniciativa de entrar na Escolinha do  Sesi. Com 9 anos já disputava campeonatos. “Ganhei minha primeira bolsa de estudos pelo esporte, na época ainda era o Colégio Positivo, bem antes do Zico entrar na escola”, comentou Luana dizendo que de lá até a formação acadêmica de Letras pela Ulbra.

Segundo ela, o esporte lhe proporcionou bons estudos pela bolsa e os títulos foram aparecendo naturalmente com o apoio, mas claro, com competência dentro das quadras e nas areias. “Fui campeã Brasileira Infanto-Juvenil da 1ª Divisão em 2000. Luana ressalta que disputou vários campeonatos estaduais, regionais e brasileiros. “Quando em 2001 conheci o vôlei de praia fiquei apaixonada, daí em diante fiz minha formação de ouro com a Keila e fomos heptacampeãs estaduais, além de sermos a primeira dupla tocantinense a disputar um Circuito BB”, destacou.

Luana lembra que na época não havia tantos recursos como hoje de patrocínios, coach, centro de treinamentos. “Trabalhávamos, estudávamos e no intervalo éramos atletas profissionais de vôlei de praia”, comentou Luana disse que encerrou a carreira com 25 anos quando casou-se com o jogador Moacri e teve a primeira filha, a Ana Luísa, pois foi acompanhar o marido nas cidades em que ele trabalhava pelos clubes de futebol. “Hoje temos 2 lindos filhos, amo o meu esporte, mas só pratico hoje por lazer e manter o corpo em forma”, finalizou.

 

Perfil
Nome: Luana Ferreira de Oliveira Feitosa

Natural: Belém/PA
Data de nascimento:
22/08/1984
Altura: 1,73m
Peso: 72kg

Ídolos

Volei de quadra: Leila e Giba
Praia: Larissa e Emanuel

Príncipais resultados
Vôlei quadra
Campeã Brasileira de Voleibol 1 divisão infanto-juvenil

Tenho 9 títulos de campeonatos estaduais por vários clubes.
Além de outros títulos… São muitos!

Vôlei de Praia
Heptacampeãs do Circuito Tocantinense
Campeã da Copa Verão de Palmas

Bicampeã das Olimpíadas de Palmas
Além de outros….não me recordo

Números:  São 287 títulos