O time tocantinense ocupa a quarta colocação com apenas dois pontos, enquanto o Assu segue em terceiro com quatro.
O time tocantinense ocupa a quarta colocação com apenas dois pontos, enquanto o Assu segue em terceiro com quatro.

O empate sem gols diante do Assu na tarde deste domingo, no Estádio Mirandão, em Araguaína, deixou o Sparta em situação complicada no Grupo A-5 do Brasileiro da Série D. Uma vez que o clube além de ter que vencer seu próximos dois compromissos ainda terá torcer por uma série de combinações para chegar á segunda fase da competição.

O time tocantinense ocupa a quarta colocação com apenas dois pontos, enquanto o Assu segue em terceiro com quatro. O líder é Moto Club (MA) com dez seguido do Altos (PI) com cinco.

Na partida deste domingo, o destaque ficou por conta do goleiro Adriel que salvou o time tocantinense de sair de campo com resultado negativo, já que o guardião fez grandes defesas ao longo dos 90 minutos. O time ainda teve no final do primeiro tempo, aos 40 minutos, a perda do zagueiro Paulão que foi expulso e depois disso jogou o restante da partida com dez jogadores em campo, o que dificultou a equipe de buscar os três pontos.

O Sparta volta a campo pelo Campeonato Tocantinense na próxima quarta-feira contra o Palmas, às 20h15, no Estádio Mirandão, em Araguaína. Já pelo Brasileiro da Série D, o Sparta volta a campo no próximo domingo diante Moto Club, às 16 horas, no Estádio Mirandão. O Assu volta a campo contra o Altos (PI), também no domingo, às 17 horas, no Rio Grande do Norte.

Ficha Técnica
Sparta: Adriel; Marcelinho, Paulão, Bruno e Renatinho; Adenísio, Gerb (Wilgner) e Tardelly (Moacri); Edircarlos, Valtenis (Rael) e Jean.Técnico Ney César.
Assu: Wandson; Jarisson, Weder,Ignácio e Carlos Francianderson; Nininho, Marinho (Ítalo), Anthony (João Cleyton) e Jandson; Thyago Victo e Danilo Santos (José Aleson). Técnico: Júlio Terceiro.
Amarelos: Nininho, José Alesson, Weder (Assu); Wilgner (Sparta).
Árbitro: Marcelo Alves dos Santos (MT)
Assistente 1: Adilson Rodrigo dos Santos (MT)
Assistente 2: Gislan Antônio Garcia da Silva (MT)
Quarto árbitro: André Rodrigo Rocha (TO)
Local: Estádio Mirandão, Araguaína – Renda: R$ 1.440,00 – Público Total: 145 torcedores

 

www.aloesporte.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA