Tocantinense Guilherme Viana tem moto furtada no Rally dos Sertões

Moto número 53 foi encontrada sem diversas peças (Foto: Divulgação)

guilherme-viana-oiloto-tocantinenseO mais novo piloto do Rali dos Sertões, o tocantinense Guilherme Viana, 21 anos, sofreu um acidente na etapa da última segunda-feira, entre Padre Bernardo e Cavalcante, ainda em solo goiano, e foi levado pela organização de helicóptero médico para o Hospital de Base de Brasília. Viana disse que na queda ficou inconsciente, mas nada de grave. Segundo ele, durante a ida ao hospital, sua moto ficou estacionada à margem da estrada para ser recolhida pela Organização do Rali dos Sertões, o que não aconteceu e acabou sendo furtada. Viana disse que deverá com uma ação contra a organização do Rali do Sertões, pois segundo ele, o prejuízo é de cerca de R$ 50 mil.

 

A moto foi encontrada depois pela Polícia de Goiás, mas toda desmontada só com o motor. Ontem, a Organização divulgou uma nota reiterando que a maior prioridade foi a segurança de todos no evento, sejam competidores ou equipes técnicas e de apoio, e não poupou esforços e recursos para garantir o resgate em UTI Aérea ao piloto. Hoje, tem início a etapa maratona, na qual só os pilotos e navegadores podem fazer a manutenção de seus veículos. Os competidores enfrentarão 463 quilômetros entre Luís Eduardo Magalhães (BA) e Mateiros (TO).

 

08/09 – Etapa 5
Luís Eduardo Magalhães (BA) – Mateiros (TO)

Deslocamento inicial: 35,47 km
Trecho especial: 428 km
Deslocamento final: 0
Total do dia: 463 km

09/09 – Etapa 6
Mateiros (TO) – Ponte Alta (TO)

Deslocamento inicial: 0
Trecho especial: 491 km
Deslocamento final: 7 km
Total do dia: 498 km

10/09 – Etapa 7
Ponte Alta (TO) – Palmas (TO)

Deslocamento inicial: 4,6 km
Trecho especial: 192 km
Deslocamento final: 2 km
Total do dia: 198 km