Palmas Futebol e Regatas
Presidente do Palmas, Lucas Meira, sempre que é posspível acompanha os treinos da garotada da base no CT da Arse 102 - Foto: izabela Martins/Palmas

Com um calendário de 2019 repleto de competições como a Copa do Brasil, Copa Verde, Tocantinense e Brasileiro da Série D, a diretoria do Palmas revelou que só deverá iniciar a preparação no início de janeiro. A informação é do presidente do Palmas, Lucas Meira.
Segundo ele, a diretoria já está organizando esses detalhes, mas com as festas de final de ano, o mais provável é que as atividades se iniciem em janeiro. O dirigente afirma que desde o momento que o Palmas foi campeão Tocantinense, no final de junho, o trabalho de planejamento para 2019 começou a ser feito. “Estamos trabalhando na busca de patrocínios para as competições, organização da logística e a diretoria está em contato com atletas para negociar a composição do time”, destacou.

Patrocínio
Quanto a patrocínio para o próximo ano, Meira disse que a equipe do Palmas está fazendo um trabalho de marketing junto a empresas da cidade, mas que ainda não poderia revelar. Segundo ele, além do patrocínio em si, a diretoria quer fazer com que o empresariado local se identifique com o clube, apoie essa ideia e entenda que o Palmas faz parte da história da cidade e do Estado. ”Caminhar ao nosso lado só trará benefícios para todos”, ressaltou.
Com relação à participação nas competições, o dirigente disse o clube vai entrar em condições de competitividade em todos os campeonatos que o Tricolor disputar. E que o objetivo será sempre o título, e com isso, atrair a torcida cada vez mais para o dia a dia do clube.

Jogadores do palmas comemoram a conquista do título Tocantinense – Fotos: Elias Oliveira

futebol
Jogadores do palmas comemoram a conquista do título Tocantinense – Foto: Elias Oliveira

Parceria

Questionado sobre uma nova parceria como a que foi feita com o empresário que possui vários jogadores do Goytacaz, o dirigente afirmou que vem falando com vários empresários de jogadores, mas que não tem uma parceria com um time específico e nunca teve. “Não fizemos parceria com o time do Goytacaz, e sim com um empresário que tinha vários jogadores no time, vieram atletas de outras equipes e todos passaram por uma seleção criteriosa da nossa equipe”, explicou o dirigente.

O empresário Flávio Trivella, responsável pela vinda do técnico Souza e o do preparador goleiro Serginho, além de outros 12 jogadores que estavam atuando no Goytacaz (RJ) e Desportiva (ES), confirmou que foi ele quem trouxe os atletas para o Palmas. “Ainda não fomos procurados pela diretoria do Palmas. Teremos o maior prazer em ajuda-los novamente, se formos acionados”, disse Trivella, que na época trouxe para o time campeão do Palmas,  o goleiro Paulo Henrique, lateral-direito Tenente, os zagueiros, Edson, Pierre e Cleyton, o lateral-esquerdo Almir, o volante Léo, o meio-campista João Vítor, os atacantes Nikson,Diniz, Anderson e o meia Thiaguinho.

Técnico
Questionado se o Palmas já havia acertado com algum treinador e que inclusive circula nos bastidores que o nome é do técnico Marcelo Marelli, que trabalhou nas equipes Sub-20 do Flamengo (RJ ) e Corinthians, entre outros clubes, o presidente disse que ainda é muito cedo para falar sobre nomes. Segundo ele, até porque enquanto nada estiver assinado, nada está firmado citando o caso da especulação em nome de Marelli e também de Vanderlei Luxemburgo. “Esse tipo de especulação sempre acontece e é natural quando se tem a visibilidade que o Palmas tem, ainda mais com a expectativa da participação em grandes competições. No momento certo o treinador, comissão técnica e elenco serão anunciados”, desconversou.

Nilton Santos
Estádio Nilton Santos receberá a s quatro competições na temporada 2019 – Foto: Elias Oliveira

Nilton Santos
Questionado sobre a utilização pelo do Estádio Nilton Santos e os problemas existentes no local como infiltrações caindo água nos vestiários dos times e da arbitragem e a questão da iluminação, entre outros, o presidente do Palmas respondeu que no Campeonato Tocantinense deste ano, o estádio atendeu bem o clube, citando como exemplo a partida da final contra o Gurupi, onde a iluminação não teve nenhum problema. “Entendemos as dificuldades e as prioridades da gestão municipal. Não temos dúvidas que o Nilton Santos estará pronto para fazer uma bela Copa do Brasil, Brasileiro D, Copa Verde e Tocantinense em 2019”, comentou o presidente.

futebol de base
Técnico Robson Tavares conversa com os jogadores do Palmas – Foto: Izabela Martins/Palmas FR

Base
Atendendo hoje garotos do Sub-9 até o Sub-19, o presidente do Palmas está muito orgulhoso do momento que vive o clube na base. Em especial, a equipe Sub-19 que está na decisão contra o Capital/Flapalmas. Segundo ele, desde que assumiu o clube, a diretoria priorizou as categorias de base, por acreditar que é o que o clube pode fazer de melhor, pois envolve a comunidade e ainda dá a chance para que os novos talentos locais evoluam e quem sabe no futuro, uma possibilidade de retorno financeiro. “Fizemos parcerias com escolinhas locais como é o caso da Arne 64, divulgamos as peneiras e recebemos jovens de todos os cantos do Tocantins. Nossas possibilidades ainda são bem limitadas, mas esperamos no futuro próximo através de parcerias com empresários oferecer mais vagas”, finalizou.

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Celso Galdino, Reinaldo Cisterna, Miguel De Negri e Robson Tavares, tela e área interna

www.aloesporte.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA