Capital
Equipe do Capital que atuou contra o Sinop (MT) na despedida da Copinha - Fotos: Ricardo Ricanato
Capital
Técnico Wilsomar Sena conversa com os jogadores do Capital – Fotos: Reinaldo Cisterna

Com um gol aos 47 do segundo tempo, o Sinop (MT) venceu o Capital/Flapalmas por 2 x 1, no Estádio Novelli Júnior, em Itu, na noite desta terça-feira (10). A partida encerrou a participação do time tocantinense na Copinha no Grupo 17.

Foram três jogos e três derrotas para o Corinthians 3 x 2, Ituano 4 x 2 e Sinop por 2 x 1. Apesar de não pontuar no Grupo 17, o Capital fez jogos acirrados com os adversários. Agora a equipe retorna para Palmas, amanhã (11), após às 14 horas.

Por ter sido campeão do Estadual Sub-18/2018, o Capital terá uma nova oportunidade na Copinha 51 do próximo ano. Será o terceiro ano seguido do Rei do Cerrado.

O presidente do Capital/Ricanato, Ricardo Carreira, que esteve acompanhando o time na cidade de Itu fez uma avaliação da participação do grupo na Copinha.
Em relação a jogo contra o Sinop (MT), o presidente disse que pelo fato da partida já não ter muita importância no sentido de pontuação, a comissão técnica deu a oportunidade para vários garotos que não haviam atuado nos jogos anteriores e o resultado foi o de menos.

Avaliação geral
Para o presidente o fato do Capital/Flapalmas cair num grupo considerado forte, em razão do Corinthians ter o maior número de títulos da Copinha e, ainda, enfrentar o Ituano que terminou entre os dez melhores do Paulistão Sub-20 enfrentando times fortes da base como o próprio Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Santos, Ponte Preta, Guarani, e equipes empresariais como o Red Bull não foi fácil. Mesmo assim, o dirigente ficou satisfeito com a vontade do Capital nos duelos diretos com os dois clubes, onde jogou parte das partidas de igual para igual.

Lesões
Além de cair num grupo considerado forte por ele, outro fator que acabou prejudicando a equipe foram as lesões de alguns atletas como Ramon, já na pré-temporada, além do artilheiro Edmundo que antes mesmo da viagem para Rio Claro (SP), já estava contundido. “Estes fatores acabaram na somatória geral pesando, mas reconheço que este ano nosso nível técnico foi abaixo de 2018”, explicou Carreira.

2020
Por ter sido campeão do Estadual Sub-18/2018, o Capital/Flapalmas terá uma nova oportunidade na Copa São Paulo. Será o terceiro ano seguido do time no torneio. Em razão disso, Ricardo Ricanato Carreira disse que pretende começar a trabalhar mais cedo a preparação visando selecionar mais atletas com antecedência para montar um time melhor e buscar um resultado mais importante para o Tocantins na Copinha.

Participação do (Ricanato) – Capital
2018
Ricanato 0 x 0 Osvaldo Cruz
Ricanato 1 x 2 Internacional
Ricanato 0x1 Boa Vista (RJ)

Participação do Capital
2019
Capital/Flapalmas 2 x 3 Corinthians
Capital/Flapalmas 2 x 4 Ituano
Capital/Flaplalmas 1 x 2 Sinop (MT)

Resumo da participação dos times tocantinenses de 2000 a 2019
Jogos: 67
Vitórias:6
Empates: 7
Derrotas:54
Gols Marcados:67
Gols sofridos: 239
Saldo Negativo: 177
Goleadas sofridas: 26
Maior goleada sofrida
2014 – Vitória 12 x 0 Imagine

(Fonte – www.aloesporte.com.br)

www.aloesporte.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA