Erros da equipe na troca de pneus comprometeram vitória de Felipe Fraga - Foto: Bruno Terena/RF1 Jornalismo
Erros da equipe na troca de pneus comprometeram vitória de Felipe Fraga – Foto: Bruno Terena/RF1 Jornalismo
Daniel Serra aumentar a vantagem na classificação geral de 17 para 34 pontos (270 x 236)

Erros da equipe Cimed Racinh Chevolet na troca de pneus comprometeram vitória de Felipe Fraga. Um domingo para esquecer. Na disputa da 101ª corrida pilotando na Stock Car e contando com os erros da equipe durante a troca de pneus das rodas traseiras direita nas duas corridas acabaram frustrando as chances de vitória do piloto tocantinense Felpe Fraga, que largou as duas provas na frente de todos e viu o líder Daniel Serra aumentar a vantagem na classificação geral de 17 para 34 pontos (270 x 236). Fraga terminou a primeira corrida em 10º e a segunda em 4º lugar.

A penúltima etapa da Stock Car acontecerá na rodada dupla em Goiânia, dia 4 de novembro.E a última corrida acontecerá no dia 9 de dezembro, em Interlagos, em São Paulo. Prova que vale a dobra da pontuação.

Primeira corrida
Felipe Fraga terminou apenas na 10ª colocação na primeira corrida. Piloto tocantinense liderava a prova, mas no momento que foi aos boxes, a equipe não fez um bom trabalho e acabou prejudicando Felipe Fraga, que voltou na 10ª posição, que ele manteve até o final para largar em primeiro na segunda corrida.
Na primeira corrida, a vitória foi de Rubens Barrichello seguido de Ricardo Zonta e Júlio Campos, com o líder Daniel Serra terminando em quarto lugar. Recolocação da porca do lado esquerdo do pneu.

Foto: Fernanda Freixosa/ Stock Car

Segunda Corrida

Felipe Fraga voltou a liderar a prova, e novamente nos boxes perdeu a liderança por novos erros da equipe durante a troca de pneus do piloto tocantinense. Esta corrida foi vencida por Átila Abreu seguido do líder Daniel Serra e Ricardo Maurício, com Fraga em quarto lugar.
Felipe Fraga soma no currículo 15 vitórias, 23 pódios, além do título da Stock Car em 2016 e também o da Corrida do Milhão naquele ano e o mais jovem campeão da categoria e da prova milionária.

Pódio Corrida 2 - Stock Car -Londrina

Foto: Fernanda Freixosa/ Stock Car

CORRIDA 1

1. Rubens Barrichello (Mobil Super)
2. Julio Campos (Prati Donaduzzi)
3. Ricardo Zonta (Shell)
4. Daniel Serra (Eurofarma RC)
5. Max Wilson (Eurofarma RC)
6. Átila Abreu (Shell)
7. Thiago Camilo (Ipiranga Racing)
8. Marcos Gomes (Cimed Chevrolet)
9. Diego Nunes (Full Time)
10. Felipe Fraga (Cimed Chevrolet)

CORRIDA 2

www.aloesporte.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here