O Real comunicou o acordo com Kaká O início de uma nova era galáctica. É assim que os repórteres dos dois principais jornais esportivos de Madri, que estão no Brasil acompanhando a negociação de Kaká com o Real, comemoraram a contração do craque na noite desta segunda-feira. Juan Ochoa, do ?Marca?, e José Guerrero, do ?As?, receberam aliviados a notícia do anúncio oficial da transferência pelo clube espanhol e pelo Milan.


Juan está seguindo Kaká e a seleção desde a semana passada, quando o time de Dunga treinou em Teresópolis. Depois, seguiu para Montevidéu, local do jogo com o Uruguai. Lá, José passou a acompanhar também de perto os passos do craque. Os dois passaram o dia nesta segunda correndo atrás de Kaká, que fez exames médicos de manhã em Recife. Cansados, os espanhóis conseguiram relaxar com o anúncio oficial e garantem: o ex-jogador do Milan será o primeiro de uma série de estrelas da nova gestão do presidente Florentino Pérez.


– É o começo da segunda era galáctica. Kaká é do mesmo nível de Zidane, Beckham, Ronaldo e Figo, os galácticos do outro mandato de Florentino. Madri está enlouquecida agora. Todos lá esperam que Kaká seja o novo Zidane ? disse Juan, com um largo sorriso no rosto.


Também sorridente, José concorda com o colega de profissão e vai mais além: para o repórter do ?As?, a chegada de Kaká é a prova que Florentino poderá desbancar o Barcelona, atual campeão espanhol, europeu e da Copa do Rei. Com o presidente, o jornalista espera a chegada de outras estrelas, como Cristiano Ronaldo.


– Há muitos anos o Real prometia contratar Kaká. Florentino voltou ao clube há uma semana e já o contratou. Ele mostrou ao mundo que faz o que promete. Temos a sensação que mais craques serão contratados. Cristiano Ronaldo será a cereja do bolo, ainda antes do início da temporada. Se Florentino contratar Ronaldo, o ?triplete? do Barcelona será esquecido rapidamente ? provocou José.


Após uma longa negociação, o Real anunciou a chegada de Kaká no início da noite desta segunda. De manhã, o craque passou por exames médicos com o médico do clube, Juan Carlos Hernandéz. O time merengue pagará 65 milhões de euros (quase R$ 180 milhões) pelo brasileiro, que se tornará o segundo jogador mais caro da histórias, atrás apenas de Zidane (70 milhões de euros em 2001, do Juventus para o Real). O ex-são-paulino assinou contrato de seis anos com o Real.


Fonte: Globo Esporte

DEIXE UMA RESPOSTA