Medalhistas tocantinenses Luiz Fernando, Irla Maria, Vitória e Bárbara - Núbia Daiana Mota / Governo do Tocantins
Alan faturou a prata no Arremesso de Pelota – Núbia Daiana Mota / Governo do Tocantins

Carlos Henrique conquistou uma prata e um bronze – Núbia Daiana Mota / Governo do Tocantins
Sâmyla Vitória exibe orgulhosa a medalha de prata – Núbia Daiana Mota / Governo do Tocantins
Gustavo Henrique é bronze no Tênis de Mesa – Núbia Daiana Mota / Governo do Tocantins
Bárbara na prova do Arremesso de Peso que rendeu a medalha de ouro – Núbia Daiana Mota / Governo do Tocantins
Bárbara foi destaque com duas medalhas de ouro – Núbia Daiana Mota / Governo do Tocantins

Os atletas do Tocantins começaram bem nas Paralimpíadas Escolares 2018. Já no primeiro dia de competições, os tocantinenses mostraram as habilidades e faturaram 12 medalhas, sendo seis ouros, três pratas e três bronzes. O evento acontece em São Paulo até o dia 23 de novembro. Ao todo, 16 alunos do Tocantins estão competindo nas modalidades de Atletismo, Tênis de Mesa e Natação.

“É um resultado excelente. Além de termos 10 medalhistas, tivemos também um grande destaque com a Irla Maria, que foi ouro e ainda quebrou o recorde da prova do Arremesso de Peso, alcançando a marca de 3,83. Temos dois dias de disputas pela frente e esperamos conquistar outras vitórias”, relatou a chefe da delegação do Estado, Keilla Cristine Gonçalves.

Para Irla, o feito de superar o recorde anterior de 2,84 é resultado da muita dedicação. “Precisa treinar bastante para conseguir fazer melhor. É muito legal quando a gente se esforça e consegue o primeiro lugar, ainda mais com recorde”,  comemorou a atleta de Goiatins.

Quem também se destacou foi a estudante Bárbara Cruz, com uma dobradinha de ouro. A paratleta de Araguaína foi a melhor da categoria sub 17 em duas provas, Atletismo e Arremesso de Peso.

Outro tocantinense que esteve no topo do pódio foi Luiz Fernando Pereira, de Palmas, ouro no Lançamento de dardo. O porta-bandeira do Estado havia antecipado, na cerimônia de abertura, que conquistaria a medalha dourada. O Tocantins faturou mais dois ouros com Vitória Reis, da capital, no Arremesso de Peso, e Alan César Souza, de Miranorte, no Arremesso de Pelota.

Com muita garra, Kauany da Silva Alves, de Araguanã, garantiu a prata no Arremesso de Peso para deficientes visuais. A última prata do dia veio com Sâmyla Vitória, na Natação. A jovem palmense atingiu o segundo melhor tempo na prova dos 50 m costas. “Estar aqui já é uma conquista, mas eu sonhava com essa medalha há muito tempo. Vou me empenhar mais para tentar o ouro nas outras provas”, planejou.

Carlos Henrique, de Paraíso, também fez bonito na competição com duas medalhas: prata no Arremesso de Pelota e bronze no Salto em Distância. Os outros dois bronzes do Tocantins foram conquistados pelos paratletas Guilherme Almeida e Gustavo Henrique Ferreira no Tênis de Mesa.  (Fonte: Núbia Daiana Mota / Governo do Tocantins)

https://seduc.to.gov.br/noticia/2018/11/22/tocantins-fatura-12-medalhas-e-quebra-recorde-no-primeiro-dia-das-paralimpiadas-escolares/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here